Páginas

04 maio, 2014

Não existe príncipe encantado!



Nós garotas assistimos Desenhos de princesas perfeitas com seus príncipes perfeitos. Onde são amadas por todos e no fim conseguem o que querem. Mas, na vida real não é bem assim. Nem todos te amam, não é perfeita, não namora um "príncipe" ou nem namora, tem problemas teen e vive em crise com si ou com o mundo. Isso é real. E não é retratado pelos filmes e desenhos, mais é vivenciado.

Se pergunte: Quantas vezes você já quis ter um namorado de cinema? Ter mais seios, bunda ou perna, ou os três? Quantas vezes idealizei o cara perfeito nos homens reais? A reposta é várias, eu sei. É  assim que estamos acostumada a viver.

Não exite príncipe encantado! Só em filmes mesmo, e deixe-os lá. Como seriam eles com os nossos problemas? Seria um desastre total.

Esses homens imaginários ganham de lavada dos homens reais. Por serem tudo que um mulher quer em um homem e que os reais não conseguem conter num só pacote. Nós falamos e falamos "Os homens não prestam ou Os homens são todos iguais". Errado para as duas. Como os homens podem prestar, se eles tem que ser perfeitinhos e não são? São no minimo verdadeiros. E, se todos os homens fossem iguais, por quê nós escolheria-Mós tanto?

Nós mulheres já nascemos com a ideia fixa de amar homens como eles. A perfeição só existe em contos de fadas. Todos não são o suficiente. Se continuar assim, não terá um príncipe encantado e nenhum homem.

Eu já quis ter e até quero. Não um perfeito, e sim um homem que não me complete, que seja só o meu homem.