Páginas

23 outubro, 2014

Resenha: Crepúsculo, Stephenie Meyer


Título: Original: Twilight
Título: Nacional: Crepúsculo
Série: Twilight - Crepúsculo
Volume: 1
Editora: Intrínseca
Autora: Stephenie Meyer
ISBN: 9788598048533
Páginas: 355

"De três coisas eu estava convicta.

Primeira, Edward era um vampiro.

Segunda, havia uma parte dele - e eu não sabia que poder essa parte teria - que tinha sede meu sangue.

E terceira, eu estava incondicionalmente e irrevogavelmente apaixonada por ele"



Isabella Swan é um garota tranquila, que não dá nenhum trabalho para seus pais, Charlie e Renée. Todos viviam tranquilamente em Forks, até que tudo muda quando sua mãe casa novamente, com Phil.

Bella vai morar com sua mãe e padrasto, embora Phil viaje muito. Ela está em um dilema: Deixar que sua mãe viaje com Phil e seja feliz ou prender ainda mais sua mãe a cuidar dela, sabendo que sente saudades do marido. Bella escolhe a primeira opção e agora ela ficará um tempo de verdade com seu pai.

Charlie nunca foi um pai muito presente para Bella. Eles só tinham contato no verão, depois da separação. E com o tempo foram ficando mais distantes e as visitas, foram raras. Esse é o tempo que os dois te para se aproximar.

Logo que chaga percebe que é o assunto do ano na melancólica Forks, e pioram mais ainda quando Edward salva a sua vida. Bella é tímida, então é constrangedor receber tanta atenção. A melhor parte é que é dividida entre a família dos Cullens, que ainda não se adaptaram.

Os Cullens chamam sua atenção por serem lindos, atléticos e ao mesmo tempo diferentes de qualquer outra pessoa que já viu. Ficar perto daquela família lhe trás riscos, mas é irresistível resistir á Edward Cullen.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Pontos positivos e negativos

Bella é muito madura para sua idade. Mostrando que nem todos os jovens são  rebeldes. Como os nossos pais pensam e falam. Stephenaie transformou uma garota desastrada, estabanada e comum em uma heroína, isso foi muito inteligente. Poderíamos ver diversas Bella na rua mesmo, tenho até aspectivos nela.

Apesar de o foco central ser o romance de Bella & Edward e os Vampiros. ma questão que gostei e que poderia ter sido mais abordada é a relação de Bella e Charlie, a separação e a reaproximação de pai e filha. É um assunto que apesar de acontecer frequentemente, muitas pessoas não sabem oque passa na cabeça dessas pessoas. É um tema acho que muito forte. Tiraria com certeza o foco da história e levaria tudo para outro rumo. E provavelmente não existiria vampiro algum, ficaria muito fora do contexto.

Stephenie inovou quando fez com que vampiros andassem na luz sem se ferir, sentir dor. Que sua pele brilhasse e ficasse como porcelana. É com certeza uma inovação na literatura e no cinema de filmes com seres sobrenaturais, vampiros. Se esse era o propósito, chocar, consegui-o. Nesse ramos onde vampiros tem suas características já conhecidas, mudar, pode irritar alguns fã do gênero.

Edward apesar de ser um vampiro não vive matando pessoas e sedento por sangue, não é agressivo, encrenqueiro e irresponsável. Pelo contrário; muito educado, responsável e amistoso. Gosto de versão de vampiro legal, do tipo Stefan. Não sou muito chegada num Damon.

Uma coisa que não gostei foi que ela em passagem de uma folha e outra diz o quanto Edward, os Cullen e os Hale são incrivelmente lindos, ricos, atléticos, enfim, como ela mesmo diz "perfeitos". Me agonia Bella idealizar os Cullen e Hale, como se apenas isso importa-se.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você pensar por um lado a história é simples, não tem mistérios ou cenas de ação. Pelo menos não em toda narrativa. Apenas uma garota humana que está perdidamente apaixonada por uma vampiro, que uma hora ou outra poderia lhe matá e se entregar á essa paixão pode colocar em risco sua vida e de das pessoas que ama. Esse tipo de romance impossível, onde os mocinhos lutam para viver esse amor. É com certeza um sucesso entre livros e telonas nos cinemas. Todo mundo sabe que eles vão acabar juntos, oque queremos saber é como e do que serão capaz de fazer para ficar juntos. Geralmente a parte mais emocionante são o desenrolar da história do que o final. E foi isso que a autora usou para atrair os leitores.

Não é uma história extraordinária. Mas como Stephenie narra deixa tudo mais interessante. Seres sobrenaturais são sempre curiosos e interessantes, quem nunca quis assistir um filme por causa deles. Ela usou dos seus artifícios envolver o leitor para dentro da história e sinta oque eles sentem. Tratou o romance de Bella e Edward de forma cativante.

O livro tem uma narrativa de fácil e rápida leitura. Não tem problemas em entender ou demora muito tempo numa página. Nos primeiro capitulo achei um pouco lento e com o passar dos capítulos foi me agradando, prendendo a minha atenção. Quando terminava um capítulo, queria partir para outro. Interpretar a fala dos personagens vai ser recorrente.

Antes de ler esta obra não entre com pre-conceitos. Por caus dos gênero fantasia e vampiros. Não vai querer continuar.

Leio ou não? Com certeza.