Páginas

11 setembro, 2014

Quer? Vai atrás

Fonte: Tumblr
Depende de você. Se você quer alguma coisa, vai e faz. E não vai lá com o pensamento: Vou tentar. É verdade, você vai. Mas o 'tentar' não é um pensamento positivo. Ele vem com toda uma estimativa de que não vai conseguir. Não vai se dedicar ao máximo. Não vai dispor da energia necessária para concluir a ação. O seu desejo, vai ser todo 'da boca pra fora'.

Quando for, vá com confiança. Com um pensamento muito positivo. Pense que se dedicar ao máximo, consegue. E consegue mesmo. Se corporalmente e espiritualmente estiver disposta. As chances de você conseguir aumentam. Aumentam gradativamente as chances de darem de fato certo. Se você quiser.

Mas, também pode não ser dessa vez. Não é todo tempo que se acerta. Não é toda vez que você vai conseguir o que quer. Não vai ser quando você quiser, que vai conseguir tudo. Na hora, mesmo com muita vontade. A vontade e a disposição ajuda, ajuda sim. Porém não é só com isso que se ganha.


Eu quero ganhar na loteria. 
Passar no Enem. 
Conseguir 'o' emprego. 
Ficar na média. 
Ser famosa. 
Não ter uma deficiência no corpo. 
Vender minha casa. 
Comprar um carro. etc. 

O mundo é do jeito que é por causa de vários fatores. Que juntos resultarão no que é. O primeira passo é você se dar ao máximo naquilo que deseja. E depois ver se o outro colabora. Ver se a outra pessoa ajuda ou atrapalha. Muitas vão passar por você, serão poucas que vão ficar. Isso você tem que entender e enfiar na sua cabeça permanentemente.

 Basta saber se você escolheu a pessoa certa. Se vai ser ela que te ajudar-rá. Se dependerá dela, só dela. Se não? Há outra escolha. Existe várias outras portas. Que se abrem e se fecham gradativamente. Cada uma no seu tempo. Na sua hora, quando forem preciso. Basta você estar na hora certa, no tempo certo, no lugar certo e com as pessoas certas.

Caso tenha e você esteja confiante. Por que não se arriscar e dar a cara a tapa? Vai que dá certo! Se der, ótimo. Se não. O que resta é tentar e tentar. Uma vai se abrir e você vai conseguir passar com tranquilidade. Se topar, bater, se arranhar. Com tranquilidade e conforto. Como quis desde o inicio. Pode abrir suas, então agora é só escolher. Qual lhe proporciona uma melhor vida. Nem que seja das mais bobas coisas. Os detalhes são importantes, valorize.

Desistir é uma escolha precipitada, mesmo que depois de tentar e tentar. Apesar das péssimas perspectivas. Do baixo potencial de que consiga. Sempre há uma luz no fim do túnel. Por mais que o caminho seja longo. Mesmo que seus pés já estejam cansados, não só eles, seu corpo e sua mente. Quando a sola do sapato está muito fina, de desgaste. E não há mais forças para prosseguir.